[Resenha] O Melhor de Mim - Nicholas Sparks

Título: O Melhor de Mim
Autor(a): Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Ano de Publicação: 2012

Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois. Seguindo as instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas. Após tanto tempo afastados, Amanda e Dawson irão perceber que não tiveram a vida que esperavam e que nunca conseguiram esquecer o primeiro amor. Um único fim de semana juntos e talvez seus destinos mudem para sempre.

♥♥♥

Muito bom dia, tarde, noite ou madrugada!!! Antes de tudo, quero deixar claro e evidente, que se teve um livro, se teve uma história que me marcou no fundo da alma... Foi sem dúvida alguma o livro: O MELHOR DE MIM. Nunca na minha vida uma história me emocionou tanto quanto essa. Por isso que eu digo que Nicholas Sparks explora bastante o emocional dos seus leitores. Ele traz muito mais do que personagens, ele traz sentimentos... sentimentos de dor, raiva, indignação, injustiça, medo, perdão e Amor. Hoje eu sou uma mulher absurdamente apaixonada e me considero privilegiada por sentir esse sentimento, mas para quem ainda não teve essa sorte, leiam esse livro. Eu garanto que vocês não vão se arrepender. 

Dawson Cole e Amanda Collier são aqueles clássicos casais que se apaixonam, mas é um amor proibido devido a divergências familiares. Mais uma versão de Romeu e Julieta? Não meus caros leitores. As famílias de ambos realmente são as barreiras desse relacionamento, mas não porque possuem um conflito entre si. Mas sim, porque a família de Dawson está sempre em conflito com toda a sociedade. Eles são pessoas extremamente violentas, que fazem parte de contrabando de bebidas, traficantes de drogas, cafetões, assaltantes, são agressivos com suas esposas e filhos e com quem surgir em seu caminho.

Dawson é o único da família completamente diferente, ele sempre busca viver da melhor forma possível, sempre foi um bom aluno, dedicado e com isso, carregava consigo a esperança de um futuro melhor. Mas seu pai, não aceita isso, o considera um fraco e passa a espancá-lo quase todos os dias. O mecânico Tuck Hosteller é o único que lhe estende a mão, além de o acolher, também lhe dá um emprego na sua oficina e as coisas começam a melhorar, porém, quando ele se aproxima e se apaixona por Amanda Collier, tudo passa a ter um sentido maior, apesar de diferentes, eles se compreendem, se completam e sonham em viver esse amor mesmo cheio de barreiras e conflitos externos. 


Com o passar dos anos, tudo parecia ir bem até o pai e os primos valentões de Dawson passarem a surgir na oficina cobrando dinheiro e ameaçando não só a ele como também a Tuck e Amanda. Dawson os enfrenta, mas eles não o deixam em paz. Quando Amanda completa 18 anos, desafia os pais e decide casar e morar com ele, mesmo sem o apoio da família, mas quando ela vai até Dawson, ele percebe que Amanda não teria futuro ao seu lado, com todos os perigos que ela correria e todas as privações, ele decide terminar definitivamente o relacionamento. Tudo é muito doloroso. Amanda volta para casa e vai embora da cidade para começar sua faculdade. 

Enquanto isso, Dawson continua sua vida vazia e, em um dia bastante chuvoso, acaba se envolvendo num acidente que termina com a morte do único médico da cidade. Com a culpa de ter tirado a vida de um pai de família, Dawson assume a culpa e dispensa advogados, é preso por homicídio culposo e pega a pena máxima. Após cumprir boa parte da sentença, ele consegue o direito de cumprir o restante da pena em liberdade condicional e é acolhido mais uma vez na casa de Tuck. No entanto, o pai de Dawson e dois primos valentões, passam a atormentá-lo, novamente, atrás de dinheiro e ele os enfrenta de igual para igual, já que tinha passado anos fazendo trabalhos pesados na cadeia e com isso adquiriu resistência e força física suficiente para se defender de todo e qualquer perigo ou pessoa por mais forte que seja.

Após cumprir a pena, Dawson vai embora da cidade e com muita dificuldade volta a se reerguer, trabalha em várias plataformas de petróleo, na qual é testemunha de muitas mortes e sofrimento. Certo dia, recebe uma triste notícia, Tuck, seu melhor amigo e anjo da guarda, morreu. Essa notícia  o faz retornar para a cidade que tanto sofreu. Lá ele reencontra Amanda e novamente o sentimento surge com muito mais força. Mas agora, Amanda é uma mulher casada e tem três filhos. 

O encontro dos dois traz de volta todo um sentimento, um passado inesquecível e uma pergunta, como teria sido se eles tivessem lutado e como vai ser a partir desse momento em diante? O fato é que o perigo não acabou. A família de Dawson descobre que ele voltou e prometem vingança.

Galera, agora só posso deixar que vocês descubram o que vai acontecer. O que posso adiantar, é que suas vidas nunca mais serão as mesmas depois desse livro. Eu super, ultra, mega aprovo e indico.

Uma excelente leitura para todos!!!

Nenhum comentário