6 Comentários

  1. Oii!
    Eu li esse livro em 2014 e ele simplesmente destruiu meu coração. Esse ano tive que reler para um desafio literário e a experiência não foi igual, mas foi igualmente dolorosa. Assisti a série em menos de 30 horas, eu acho eiuheuiehei apesar de ter achado os episódios mais longos do que deveriam ser, acabou que a série é mais completa que o livro por conta dos pontos de vista.
    E segunda temporada? Sinceramente espero que não tenha. Ficou ótimo do jeito que está! Se começarem a inventar fatos para criar uma segunda temporada vai acabar estragando toda a essência da obra do Jay

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Abril você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kemmy!

      O livro realmente marca o coração, fiquei com ele rodando na cabeça durante vários dias rsrs. Quanto a série, também acredito que uma segunda temporada não seja necessária, pois se os treze porquês já foram abordados, o que mais podemos esperar em uma segunda temporada? Assim como você, também tenho receio que acabem interferindo no âmago da história.

      Abraço!

      Excluir
  2. Olá, tudo bem?
    Eu li esse livro faz muito tempo, mas lembro que gostei bastante.
    Já assisti a adaptação e fui impactada demais, super recomendo.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Esther!!!

      Fazia muito tempo que tinha curiosidade de ler o livro, mas não tinha como comprá-lo, estava esperando alguma promoção rsrsrs. Mas neste ano, ganhei de presente de aniversário, para minha alegria :) E finalmente pude fazer a leitura. Como esperado, gostei bastante do livro e já estou bem ansiosa para ver a série, obrigada pela recomendação ;)

      Abraço!!!

      Excluir
  3. Adorei sua resenha Caline! É bem bacana ler um post de alguém que leu o livro (no meu caso eu assisti a série, então só tenho esse ponto de vista). Mas teve situações que você citou que também senti ao assistir a série, como por exemplo a ansiedade em saber o por quê que Clay estava nas fitas, a angústia de saber que Hannah já está morta e não tem como voltar atrás mas se uma ou outra coisa não fosse dita ou feita contra ela talvez as coisas sairiam diferentes. Muitas vezes as pessoas não imaginam a dor que podem provocar umas as outras, o que não importa pra mim pode importar muito pra você e vice-e-versa, falta respeito, falta amor, falta muita coisa na humanidade. As pessoas julgam certas atitudes, mas não fazem a mínima ideia do que se passa dentro daquela pessoa para agir de tal forma. Suicídio é um assunto muito delicado, e a série como o livro (como vc descreveu acima) abordaram o assunto levantando outras questões que as pessoas muitas vezes ignoram.

    Ótimo texto!!
    Segue o link da minha resenha sobre a série caso queira ler:
    http://cronicasdeeloise.blogspot.com.br/2017/04/series-de-tv-13-reasons-why.html

    Bjooos!

    ResponderExcluir
  4. Olá, Eloise!

    Fico muito feliz que tenha gostado da resenha :) Ainda não assisti à série, mas pelo que você mencionou retrata bem o que a gente sente quando lê o livro. O formato de série alcançou muitas pessoas pela repercussão que vi, difundiu ainda mais a mensagem do livro e isso é bastante legal, pois suicídio ainda é um tema tabu em nossa sociedade e precisa ser abordado e discutido.

    Abraço!!!

    ResponderExcluir