[Resenha] Predestinadas - Jessica Spotswood

Título: Predestinadas
Autor(a): Jessica Spotswood
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano de Publicação: 2015

Cate Cahill acabou de ser apagada da memória de Finn, o grande amor de sua vida. A responsável por essa traição foi Maura, uma de suas irmãs, e Cate está certa de que nunca vai conseguir perdoá-la. Enquanto isso, Tess, a caçula, está às voltas com visões cada vez mais assustadoras. Como se não bastasse, a Nova Inglaterra vem sendo tomada por uma febre mortal sem precedentes. Preocupada, Cate quer ajudar a todos, mas é impossível fazer isso sem revelar seus poderes e, assim, aumentar a fúria dos Irmãos da Fraternidade, os implacáveis caçadores de bruxas. Em meio a desavenças com suas aliadas em potencial, Cate terá que se desdobrar para conseguir prestar o auxílio que deseja, proteger Tess e Finn e lutar por uma nova ordem que permita que as bruxas sejam representadas no governo de sua cidade e não precisem mais se esconder. Predestinadas é o desfecho de uma saga permeada de delicadeza, cores, magia e fortes emoções. As irmãs Cahill terão que enfrentar os maiores desafios de sua vida, e o amor que sentem uma pela outra será fundamental nessa jornada.

♥♥♥

Olá meus caros leitores e leitoras!!! Um muito bom dia, tarde ou madrugada. Estou nesse momento trazendo a resenha do último livro da trilogia das irmãs bruxas, Predestinadas. Como vocês vêm acompanhando, a história é incrível, foge de todo aquele padrãozinho clichê e nos leva a fazer parte da história, sentir emoções, suspense, raiva, revolta, tristeza... Quando um livro nos proporciona esses sentimentos, na minha opinião, ele é considerado um ótimo livro, seja o final feliz ou triste.

Em Predestinadas, temos Cate enfrentando uma das maiores dores e sofrimentos. Ela declara guerra à Fraternidade, e junto com suas amigas mais confiáveis da Irmandade e com a ajuda de um grupo, chamado Resistência, que é liderado pelo arrogante Alistar Merriweather, dono de um jornal clandestino que denuncia os abusos da Fraternidade (que alías Cate luta para conseguir o respeito e o apoio dele), lutam de diversas formas para impedir a crueldade. 


Algumas bruxas que fugiram do hospício foram recapturadas graças a uma denúncia anônima de um (a) possível traidor (a), e todas são condenadas a serem enforcadas em praça pública. Diante disso Cate precisa agir imediatamente, além de precisar lidar com uma crise de epidemia de uma febre que vem matando milhares de pessoas de forma suspeita, e a Fraternidade vem jogando essa doença como maldição das bruxas, causando assim o apoio da população contra elas. Sem falar que alguém vem atormentando e perseguindo Tess, sua irmã caçula. 

Cate ainda precisa proteger Finn, que vive atormentado e a procura para esclarecer o que está acontecendo. Sem falar da profecia que diz que uma das irmãs matará a outra... Será que é Maura? Já que ela tem demonstrado uma péssima índole? Ou a autora está nos deixando pensar isso para nos surpreender no final? 

Bom, nessa história com certeza haverá mortes, tragédias, alegrias, revelações e fortes emoções. Gostei muito do livro, pois muitos questionamentos para nossa vida podem e vão surgir a partir dessa história. Sei que a opinião de cada pessoa sempre tende a ser diferente, tenho lido algumas resenhas e opiniões que não valorizaram o livro, então gosto não se discute. Mas eu indico esse livro, melhor dizendo, essa trilogia. Adorei, amei, é muito interessante, é muito envolvente, você não vai conseguir parar de ler. 

Um fortíssimo abraço e uma ótima leitura!!!


As Crônicas das Irmãs Bruxas


Confira as resenhas dos primeiros livros: Enfeitiçadas - Amaldiçoadas

Nenhum comentário