[Especial] Série O Quarteto do Norte - Chirlei Wandekoken


Olá, leitores! Tudo bem?!

Hoje vou apresentar para vocês a Série O Quarteto do Norte, da autora nacional Chirlei Wandekoken, publicada pela editora Pedrazul. O primeiro volume, A Estrangeira, é o único em formato físico disponível no site da editora. Os demais são livros mais curtos, novelas, lançados em formato digital na Amazon.

Já fiz resenha de A Estrangeira aqui no blog (confira aqui), por isso não vou me estender falando sobre ele. A série leva este nome por trazer como protagonistas 4 amigos:  o Conde de Northumberland, o Duque de Pudhoe, o Duque de Belvoir e Lord Robert Percy. Em cada livro vamos acompanhar a história de amor de cada um deles, começando pelo Conde de Northumberland em A Estrangeira. Neste primeiro livro, encontramos toda a ambientação histórica e somos apresentados aos demais integrantes do Quarteto. Eu adorei a leitura e não pude deixar de conferir os demais. 


A Ama Inglesa é o segundo da série e vai trazer a história do Duque de Pudhoe, Arthur Pearl Clifford e Leonora Smith, casal que conhecemos no primeiro volume. Tinha muita curiosidade sobre como os dois haviam se conhecido e de que maneira se deu o romance entre um nobre e uma simples ama. Eles se conheceram quando Leonora era ainda uma menina, e chorava sob um velho carvalho na propriedade do Duque. Pearl a encontrou e confortou, fazendo-a se sentir segura. Mas logo ele partiu e Leonora só tornou a vê-lo anos depois, em uma situação bastante inusitada.

A escrita da Chirlei continua envolvente e fluida, e já na primeira cena me vi imersa nas páginas de A Ama Inglesa. Mesmo sendo um livro menor, ela conseguiu inserir várias reviravoltas na trama, o que deixou a leitura ainda mais instigante. Um ponto que gostei bastante foi que através do relacionamento do casal, a autora abordou questões como preconceito e diferença de classes, mesmo que de forma não tão aprofundada. Adorei o romance, em especial, porque eles já se conheciam e tinham sentimentos um pelo outro, embora não fosse amor ou paixão, possuíam uma conexão e, para mim, esse fato deixou a relação deles ainda mais crível. Este é o livro mais sensual da série, mesmo tais cenas não sendo apelativas. A sucessão de fatos aqui me lembrou um pouco A Estrangeira em alguns momentos, mas esse não foi um aspecto negativo, apenas foi algo que me veio à mente durante a leitura.

Em Um Cocheiro em Paris conhecemos mais a fundo o Duque de Belvoir, que precisa se fingir de cocheiro para se livrar de uma situação inesperada e constrangedora. Ele conhece Harriet Neville quando a ajuda após um acidente e se apresenta a ela e a tia como um simples cocheiro. O romance aqui acontece um tanto quanto repentinamente e não me pareceu real a princípio, mas aos poucos fui convencida e acabei adorando o casal.

O mocinho carrega o peso de ser filho bastado e, como se não bastasse, tal fato é conhecido por toda a sociedade, que o julga devido a sua origem. Já a protagonista não é considerada bela o suficiente por não se encaixar nos padrões de beleza exigidos. A Chirlei aborda, novamente, o preconceito da sociedade em relação àqueles que destoam do modelo tido como o ideal, no qual todos e todas devem se adequar para serem aceitos.

Esse é o menor livro da série e o que possui menos, como posso dizer...ação. Mas nem por isso deixa de ser uma leitura super gostosinha.


No último livro da série — Fronteira da Paz — duas histórias são contadas. Lorde Robert Percy está prometido em casamento para a prima, Charlotte Mortimer, pois a união entre as duas famílias é uma tradição antiga. Contudo, Robert pretende romper esse ciclo e se casar com a mulher que ama, Leanah Douglas, mas ele acaba caindo em uma armadilha e é obrigado a se casar com a prima. Dominado pela raiva, após a união ser oficializada ele parte para longe. Charlotte, que também foi enganada, decide fugir e acaba em um navio, no qual irá conhecer o amor. Enquanto Leanah, profundamente magoada, promete se vingar e, dessa forma, o caminho dela e de Robert são separados.

Os dois romances são cativantes, embora tenha me apegado mais a história da Charlotte e seu capitão, que mesmo tendo menos espaço na narrativa, já me conquistou desde o início. Penso que não me afeiçoei tanto ao outro casal por causa do mocinho, gostava dele nos outros livros, mas nesse acabei não concordando com algumas de suas atitudes. 

Assim como no segundo volume, diversos eventos acontecem nas poucas páginas do livro, de modo que fiquei me perguntando como tudo aquilo se resolveria. Aqui se encontra o ponto que não me agradou — acho que uma determinada situação foi resolvida com muita facilidade e sem grandes consequências, me pareceu um tanto irreal tal acontecimento. Todavia, a leitura não foi menos agradável por causa disso.

De modo geral, os livros são leituras rápidas e leves. Em todas as histórias há um clima de amizade e cumplicidade entre os cavalheiros do Quarteto, que estão sempre dispostos a ajudar e apoiar uns aos outros. 

Apesar de a autora nos apresentar a ambientação da época e trazer fatos históricos para enriquecer a trama desses três últimos livros, não há o mesmo aprofundamento histórico que ocorre em A Estrangeira, que é uma obra mais complexa em termos de construção de enredo, principalmente por ser um romance desenvolvido em mais de 300 páginas, enquanto os demais possuem em média 100. Ainda assim, são leituras válidas e recomendadas. A série, com certeza, vai agradar aos apreciadores de romances de época. Eu super indico!

♥♥♥

Existem capítulos extras de A Estrangeira disponibilizados gratuitamente neste Link

Adquira os livros AQUI

Compre A Estrangeira no site da editora: http://www.pedrazuleditora.com.br 

Adicione a série no Skoob

4 comentários

  1. Ainda não conhecia, parece ser bem interessante :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim! Vale a pena dar uma chance a série!

      Bj

      Excluir
  2. Amei conhecer mais sobre a série, ainda não peguei para ler mas estou muito animada por essas leituras. Lindas fotos e ótimo post!!!! <3

    Bjokas!
    http://cronicasdeeloise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz que tenha gostado do post! Eu super recomendo a série ♥

      Bj!

      Excluir